Os Organismos

Gustavo Valério Ferreira

04/06/2020

O gás carbônico premeu os ares,
pulmões, amores, vidas e direitos…
Desvirginou corais rudimentares,
turvou os mares, antes tão perfeitos!

Os organismos multicelulares
portando tecnológicos conceitos
liquidam floras, faunas em jantares
ou em colares caros, insuspeitos…

Sociedades muito consumistas
formam cidades para fabulistas
e moralistas cujo mau descerra…

O vil humano dimanou rotundo
pois mesmo promovendo paz no mundo
vive se preparando pruma guerra!



O soneto acima é resultado do seguinte desafio:

1 - Rimas apenas soantes e ricas
2 - Sem metaplasmos