Sonhos Virulentos

Gustavo Valério Ferreira

28/03/2020

Eu, que traço planos negativos
para acalentar os meus tormentos
vou fortalecer os meus ativos
e afastar os sonhos virulentos…

Quero transformar as dores fortes
em impulsos ágeis, mas altivos!
Superar o fardo das mil mortes
com sorrisos puros, não cativos!

Quero, na dolência, as alegrias
mais pujantes, sacras e inauditas!
E terei as vidas mil, bravias…
inda assim serão hermafroditas!